Em período de quarentena motivada pela pandemia de COVID-19, as entregas ao domicílio e os serviços de take away ganham terreno para ajudar quem está em casa, mas também os negócios da cidade que precisam de continuar a funcionar. A pensar nesta nova realidade, a Câmara Municipal de Lisboa lançou a Estamos Abertos, uma plataforma online que permite saber que lojas continuam a operar na capital.

PUB.

Desde minimercados a farmácias, passando por restaurantes ou papelarias, a lista é grande e continua a crescer diariamente. A ideia é “evitar deslocações desnecessárias” dos cidadãos que precisam de adquirir um bem ou serviço, enquanto a plataforma disponibiliza um serviço de entregas em articulação com a Cooptáxis, Kapten e Glovo para os espaços que antes não dispunham desta facilidade.

O site, que aceita inscrições dos comerciantes que se mantenham a operar, permite fazer uma pesquisa por localização que informa o utilizador quais os serviços disponíveis junto à sua área de residência. Clicando nos diferentes pontos de interesse marcados no mapa, é mostrado um conjunto de informações relevantes sobre o espaço – o que vende, em que horário e os contactos que pode utilizar.

As entregas, em parceria com as plataformas já mencionadas, têm um custo de 4 euros se realizadas através da Cooptáxis ou da Kapten e de 5 euros com a Glovo. O serviço Estamos Abertos, disponibilizado pela autarquia lisboeta, conta com o apoio da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, da UACS – União de Associações do Comércio e Serviços e das juntas de freguesia.